conecte-se conosco


POLICIAL

Alegria e confraternização marcam a 14ª edição do Arte e Cultura em Ação

Publicado

Assessoria | PJC-MT

A Polícia Judiciária Civil realizou na tarde de sexta-feira (13.12), a tradicional comemoração do projeto “Arte e Cultura em ação: revelando talentos”. O evento completa em 2019 a sua 14ª edição, e a cada ano revela talentos de novos servidores, os quais já se dedicam ao trabalho policial.

A 14ª edição do evento aconteceu no auditório da Diretoria Geral da Polícia Civil, em Cuiabá, reunindo servidores e familiares, como revelações de aptidões musicais, artesanato, culinárias e desenhos a lápis. 

Durante a abertura, a diretora de Execução Estratégica, Daniela Silveira Maidel, falou do momento de alegria, o qual intitulou de o “Nosso Natal”, uma vez que o ano inteiro é repleto de tarefas, compromissos, sendo no “Arte cultura em ação” o momento em que nossos profissionais se unem para celebrar.

“Em nome da Diretoria Geral parabenizo todos os envolvimentos neste brilhante evento, em especial a equipe da Gerência de Aplicação, Desenvolvimento, Saúde e Segurança (Gadss), pelo esforço em promover a 14ª edição desse projeto cultural que visa proporcionar momentos de integração e confraternização”, enalteceu a diretora Daniela Silveira Maidel.

Iniciando as atrações, o Coral Vozes da Polícia Civil contagiou os presentes com suas canções. Em seguida, foi o momento das apresentações musicais cantadas ao vivo, que animaram a plateia.

O delegado geral, Mario Dermeval Aravechia de Resende, foi contagiado pela alegria do evento e subiu ao palco para “dar uma palhinha”, cantando uma música para os presentes. Além do show apresentado pelos artistas da música, o evento também contou os servidores que expuseram os seus trabalhos.

Expondo pela primeira vez no evento, a servidora Gabriela Costa, lotada na Coordenadoria de Gestão de Pessoas, falou da alegria em participar do projeto podendo divulgar os dotes culinários. “Faço doces gourmet como fonte de renda extra e agora para divulgar esse trabalho para todos os meus colegas de serviço”, disse ela.

Leia mais:  Polícia Civil prende autor de arrombamentos de veículos e furtos de estepes em Cuiabá

A esposa do policial civil Benedito Monserat, Irene Marques do Nascimento Almeida, destacou a oportunidade de mostrar os seus produtos, além de expandir o seu negócio. “Esse tipo de espaço é muito importante para nós, pequenos empreendedores, pois com esse apoio conseguimos propagar nosso trabalho”, destacou Irene.

Na ocasião, houve sorteios de brindes e lembranças para os convidados, que encerraram o evento que busca a qualidade de vida, contagiados pela alegria e confraternização de final de ano.

 

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
publicidade

POLICIAL

Polícia Civil prende em Pedra Preta motorista suspeito de furtar carga de soja

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Um motorista de carreta suspeito de envolvimento no furto da carga de soja que transportava foi preso em flagrante pela Polícia Civil, na madrugada deste sábado, durante trabalho investigativo realizado pela equipe da Delegacia de Pedra Preta. O suspeito foi autuado em flagrante por furto qualificado.

Durante a madrugada, os policiais da Delegacia de Pedra Preta receberam informações de que o motorista estava desaparecido desde às 12 horas e que o veículo estava nas proximidades da cidade.

Logo após o acionamento, os policiais foram até o local indicado, uma vez que havia a possibilidade do motorista ter sido feito de refém durante roubo. Durante as diligências, os investigadores localizaram o veículo que estava trancado, já sem a carga, e com as cortinas internas da cabine fechada.

Os policiais realizaram a abordagem, sendo o caminhão aberto pelo motorista, que relatou que havia sido roubado e que estava sem o seu aparelho celular. Durante a busca veicular, os investigadores localizaram a chave do veículo na ignição, o aparelho celular escondido dentro de um compartimento, além de documentos e dinheiro.

Questionado, o motorista apresentou diversas contradições e não conseguiu explicar o ocorrido. Em contato com a transportadora responsável, foi informado que a carga não chegou ao seu destino de descarregamento.

Diante dos fatos, o motorista foi conduzido à Delegacia de Pedra Preta, onde após ser interrogado, foi autuado em flagrante por furto qualificado.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Podcast da Polícia Civil aborda prevenção e tratamento do câncer de mama, com médico e investigadora
Continue lendo

POLICIAL

Polícia Civil prende mulher que abriu conta no nome da mãe para prática de golpes e recupera R$ 45 mil subtraído de vítima

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Uma mulher que usou o nome da própria a mãe para prática de estelionato pela internet, conhecido como “Golpe da OLX” foi presa em flagrante pela Polícia Civil, na sexta-feira (15.10), após ser identificada em investigações da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá).

A suspeita de 20 anos utilizou os dados da mãe para abrir uma conta bancária em que eram recebidos os valores adquiridos com os golpes e foi autuada em flagrante por estelionato. A ação resultou ainda no bloqueio de R$ 45 mil subtraídos da vítima.

As investigações iniciaram após os policiais da Derf receberem informações sobre uma vítima da cidade de Goiânia (GO) que sofreu um golpe de estelionato referente a compra de um veículo SW4 e depositou o valor de R$ 80 mil na conta de uma mulher na cidade de Rondonópolis.

Com base nas informações passadas, os policiais da Derf Rondonópolis iniciaram as diligências conseguindo localizar a proprietária da conta. Durante a conversa, foi verificado que a ação foi esquematizada pela  filha dela, que usou os dados da mãe para abrir uma conta que seria utilizada para receber valores de golpes. A suspeita receberia o valor de R$ 500 pelo empréstimo da conta. 

Diante dos fatos, a jovem foi detida e encaminhada à Derf de Rondonópolis, onde após ser interrogada foi autuada em flagrante por estelionato. Ainda em continuidade aos trabalhos, foi possível fazer o bloqueio na conta de R$ 45 mil subtraídos e que serão restituídos á vítima.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Polícia Civil de Mato Grosso inicia ação de combate à violência contra idosos na baixada Cuiabana
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana