conecte-se conosco


MATO GROSSO

Associações também podem ser cadastrar no Sistema Estadual de Desportos

Publicado

Desde o dia 21 de agosto, quando o Conselho Estadual do Desporto (Consed) publicou aviso de credenciamento, as instituições esportivas foram chamadas a realizar o cadastro no Sistema do Desporto em Mato Grosso. O chamamento não é somente para as federações de esporte. Clubes profissionais e associações esportivas recreativas e amadoras também devem se cadastrar.

A partir do cadastro, é dado início ao processo de análise de documentação para liberação do Certificado de Regularidade Cadastral de Entidades Esportivas (CRCEE). O cadastro no Conselho e o Certificado são requisitos para que as instituições da sociedade civil possam firmar parcerias e acordos administrativos de cunho esportivo com a Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel).

“É muito importante que todas as instituições esportivas de Mato Grosso, e não somente as federações, façam o cadastramento e sejam reconhecidas como integrantes do Sistema Estadual do Desporto.  O Governo do Estado só poderá realizar parcerias com quem estiver regularizado no Sistema”, explica Jefferson Carvalho Neves, secretário adjunto de Esporte e Lazer da Secel e membro nato do Consed.

O edital, o formulário e a resolução do Consed que trata do assunto estão disponíveis no site www.esportes.mt.gov.br.  Para se cadastrar, a instituição esportiva deve preencher e enviar o formulário ao e-mail consedmt@secel.mt.gov.br.  O prazo termina no dia 18 de outubro. 

Mesmo as entidades esportivas que já possuam o certificado de regularidade precisam fazer o cadastramento para que seja possível a revalidação do documento. 

Uma das informações solicitadas no formulário é a identificação do tipo de entidade, se federação estadual ou confederação nacional, se associação ou clube de práticas do desporto, ou liga esportiva. Também devem ser comunicadas as fontes de recursos para as atividades, dias e horários de funcionamento e endereço, dentre outros dados.

Leia mais:  Agentes da PRF passam a compor equipe do Ciosp na Sesp

Serviço

Cadastramento Estadual de Entidades Esportivas 

Acesso aos documentos: www.esportes.mt.gov.br/resolucoes-reunioes 

Contato: 65 3613-4909 (Consed)

Comentários Facebook

MATO GROSSO

Polícia Judiciária Civil define equipes das Delegacias de Combate à Corrupção e da Fazendária

Publicado

A direção da Polícia Judiciária Civil definiu as equipes que ficarão à frente das Delegacias Especializadas de Crimes Tributários (Defaz) e de Combate à Corrupção (Deccor).

As mudanças foram tomadas diante da necessidade de adequar a estrutura para o funcionamento da nova unidade recentemente criada, a Deccor, cujas atribuições estavam anteriormente sob competência da Delegacia Fazendária e que, a partir de agora, atuará exclusivamente com investigações de crimes tributários. 

Na Delegacia de Combate à Corrupção assume como titular o delegado Eduardo de Paula Botelho, cuja equipe é integrada também pelos delegados Luiz Henrique Damasceno e José Ricardo Garcia Bruno. 

A Deccor foi criada para atuar em investigações de fraudes ou modalidades de corrupção praticadas na administração pública e em ações de agentes que atuem de forma isolada ou em grupo na lavagem ou ocultação de bens.

A criação das Deccor nos Estados está entre os critérios estabelecidos pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública para rateio entre as unidades da federação dos recursos do Fundo Nacional de Segurança Pública. 

Na Delegacia Especializada em Crimes Fazendários  assume como titular o delegado Sylvio do Vale Ferreira Junior, que já faz parte dos quadros da unidade policial, e como adjunto o delegado Rafael Mendes Scatolon.

A unidade policial focará a força de trabalho em investigações de crimes cometidos contra a ordem tributária e os delitos relacionados.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Governo finaliza obras de nova escola e quadra poliesportiva em Tangará da Serra
Continue lendo

MATO GROSSO

Setasc entrega certificado a 60 participantes de curso de operador de computador

Publicado

Cerca de 60 moradores do Residencial Coxipó, em Cuiabá, receberam o certificado de conclusão do curso de operador de computador oferecido pela Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc-MT) em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e a Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci-MT). A cerimônia de entrega do certificado de conclusão foi realizada na Escola Estadual Prof Passiana Torres de Santana, na tarde de quarta-feira (04.12). 

Maria Elza Vilela, de 53 anos, é microempreendedora e possui um ateliê de costura. Ela decidiu ingressar no curso em busca de aprimoramento e atualização, com o objetivo de se tornar uma gestora moderna e informada. “O meu interesse foi porque o primeiro curso que eu fiz foi há muitos anos, então senti a necessidade de atualizar o meu conhecimento. Aprendi vários macetes com o professor, foi muito satisfatório”, declarou Maria.

O jovem Guilherme Rodrigues Moreira, também fez parte do grupo de pessoas que participaram da capacitação. Conforme ele, a iniciativa é uma das ferramentas necessárias para a ingresso no mercado de trabalho. “Aprendi criar, formatar slides, editar textos, fazer planilhas, foi bem bacana. Vejo que o curso abrirá portas. A informática é uma coisa bem procurada hoje em dia no mercado de trabalho e isso vai ajudar no meu primeiro emprego”, externou.

A secretária adjunta de Cidadania e Inclusão Socioprodutiva da Setasc, Rosineide Porcionato, que na entrega representou a titular da pasta, Rosamaria Carvalho, destacou que a iniciativa faz parte do Programa Bom Começo, idealizado pela primeira-dama, Virginia Mendes, e visa atender ao público com idade acima de 14 anos. Neste ano, sete mil alunos foram capacitados. 

“Essa é a segunda etapa de entrega de certificados. No começo do ano, recebemos essa missão junto a primeira-dama de levar qualificação, na busca de inserção das pessoas, principalmente dos jovens, no mercado de trabalho. Agradecemos a todos e queremos muito que este trabalho continue nos próximos anos preparando mais pessoas para a inclusão digital”, disse.

Leia mais:  Delegação de Mato Grosso debate mudanças climáticas em Madri

O diretor da escola Professora Passiana Torres de Santana, Emanuel Frank, falou sobre a importância da parceria que possibilitou a criação de um laboratório para os estudantes da comunidade. “Quando chega o benefício para quem realmente precisa é sinal que o Governo do Estado está fazendo um bom trabalho, ainda mais quando é qualificação. Antes havia apenas o espaço, agora com as doações de doze computadores, os alunos poderão praticar a aprendizagem”, declarou.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana